Aula Canto Música

Aula de Canto para Iniciantes – 3 Pontos Essenciais

A minha primeira grande descoberta que quebrou as correntes que me limitavam no canto foi: a minha voz É UM INSTRUMENTO, logo, MEU CORPO É UM INSTRUMENTO. Eu não aprendi isso na minha primeira aula. Mas, nessa primeira Aula de Canto para Iniciantes, você vai aprender agora 3 Pontos Chaves que vão te impulsionar.

Aula de Canto para Iniciantes

Depois que descobri isso, fiquei me perguntando o porque que ninguém nunca tinha me falado sobre esses assuntos. Hoje tenho a resposta: não me falaram porque não sabiam disso ou, se sabiam, não deram a devida importância e por isso não aprendi.

Nessa primeira Aula de Canto para Iniciantes quero dar o pontapé inicial no estudo da voz como o instrumento que ela é. Isso, não só pode, como vai trazer aquela confiança que você precisa para Cantar Bem de uma vez por todas!

Atenção: Essas próximas informações podem transformar a sua voz!

Por que tenho tanta certeza? Porque elas mudaram a minha! Você está preparado? Então, vem comigo!

Ah, e antes que você me diga que isso não é pra você, que isso não dá certo, que você não consegue fazer, acredite, não é qualquer Aula de Canto para Iniciantes que irá te dar essas informações.

O Mapa da Mina – Fisiologia – Aula de Canto para Iniciantes

Aula de Canto para Iniciantes

Apesar de parecer bastante abstrato, o instrumento voz, tem suas peculiaridades e saber como usá-lo (o instrumento), faz toda diferença.

Quantas vezes você já não pensou em tocar violão/guitarra ou piano ou qualquer outro instrumento?

Aos 9 anos, comecei a ter aulas de saxofone. Quando comprei o instrumento,  fiquei assustada com a quantidade de componentes que ele tinha: boquilha, tunél, palheta, corpo, etc.

Primeiro, tive entender como o instrumento funcionava, quais chaves apertar/soltar para produzir determinado som/nota; depois veio a parte técnica:  embocadura, como ajustar os lábios e fortalecê-los para poder tocar, entre outros pontos.

Com a voz a coisa é mais livre, mais fluida, mais rápida, mais simples e mais complexa ao mesmo tempo. Só podemos contar com nosso cérebro e ouvido para regularmos nosso instrumento.

A produção vocal é um ato fisiológico, ou seja, acontece automaticamente é como andar, respirar, comer. Entretanto estudar/treinar a voz  faz diferença.

Antes de dar início ao seu treino vocal, é extremamente importante conhecer o seu instrumento. Quanto mais souber, mais DOMÍNIO terá sobre ele, e, consequentemente, do som que produzirá.

Esse processo faz parte da “Consciência Corporal”, mas para que esse processo aconteça, é preciso subir degrau por degrau e para nós o primeiro degrau é a Fisiologia da Voz.

Basicamente, o aparelho fonador se dá pela junção de alguns elementos do aparelho respiratório e do aparelho digestivo.

A voz, se forma na laringe onde se encontram as pregas vocais. Existe uma série de músculos, ligamentos e cartilagens que agem quando cantamos. À esses elementos damos o nome de Fonadores.

Parece complicado, mas na verdade é bem simples. A ideia não é decorar todos esses elementos. O ideal é que você conheça os principais Fonadores e como a voz é produzida.

Se você clicar aqui, será redirecionado para um artigo super esclarecedor da Profª Luciane Cuervo (UFRGS), chamado Introdução à Fisiologia da Voz. Neste mesmo artigo, você encontra imagens que facilitam o entendimento sobre o assunto.

 

Evite Ficar Dando Voltas – Ressonância – Aula de Canto para Iniciantes

Aula de Canto para Iniciantes

 

Provavelmente, você deve estar se perguntando: O que é Ressonância e por que falar disto agora é tão importante?

Mais uma vez digo, o controle sobre o nosso instrumento faz muita diferença no resultado da voz cantada.

Estamos falando disto agora para que você evite ficar dando voltas e comece desde já a tratar de um assunto tão relevante como esse. A Ressonância é o fenômeno responsável pela beleza vocal. Isso também vai te ajudar a enxegar a voz como um instrumento.

Segundo o Medical Dictionary Ressonância significa “intensificação e prolongamento do som”. A Ressonância é um fenômeno Físico. Quando estudamos este assunto, percebemos que, dependendo do lugar onde a voz ressoa, teremos diferentes padrões sonoros.

Haverá o tempo certo para você tratar deste assunto. Cabe ao seu Professor de Canto julgar o momento certo de começar a observar este ponto, visto que existem tantos outros.

 

Não seja Cópia – Timbre de Voz – Aula de Canto para Iniciantes

Aula de Canto para Iniciantes

Eu tenho certeza que você já ouviu algum jurado de programa de calouros elogiando o Timbre de Voz de algum candidato. Quando eu ouvia a frase: “Fulano tem um TIMBRE diferente/bonito/etc.” eu logo pensava, “Mas que ráios é o timbre de voz? O que esse cara quis dizer com isso?”

Veja o que os especialistas têm a dizer sobre isso:

“Timbre (qualidades vocais) – o timbre é o que difere uma voz de um som do outro, mesmo que eles estejam na mesma altura e na mesma intensidade. É o que poderíamos chamar de “impressão digital da voz”, identificação de uma voz ou de um determinado som.

Fatores que influenciam e determinam o timbre vocal:

  • Estrutura anatômica (de fonte e de filtro vocal)
  • Funcionamento do aparelho fonador
  • Intensidade
  • Ressonância
  • Freqüência
  • Articulação”

“Gulfier , Blacy Cella e De Andrade, Guilherme Schlichting, “Expressão Vocal e Aprimoramento Auditivo”  POntos

Gosto de relacionar o timbre com a “impressão digital”. O timbre seria uma espécie de “Impressão Digital da Voz”.

Ainda não entendeu? Imagine: se pegarmos um piano e um violão tocando a mesma nota. Estão sendo tocados na mesma altura, duração e intensidade, intenção, tudo igualzinho. Ainda assim conseguiríamos diferenciar o som do violão do som do piano, correto?

Isso porque o violão e o piano têm o seu próprio timbre.

Veja que, os fatores listados como determinantes para a definição de um timbre vocal, mostram que é possivel manipula-lo, mas impossível cloná-lo/copiá-lo.

Por exemplo, conheço diversas pessoas que ouvem muito um determinado cantor(a) e acabam “copiando” o “timbre” deles.

A grande questão aqui é que, quem imita, se limita e finda por não descobrir sua verdadeira voz, ou seja, sua identidade vocal, seu TIMBRE.

Por isso é importante que desde já você entenda que todos temos um timbre único, uma voz única e é essa voz que você deve trabalhar para aprimorar seu canto.

Espero ter te ajudado e qualquer dúvida, podem deixar nos comentários, que ficarei feliz em responder.

Ah, me segue lá no Instagram pra ficar por dentro das novidades!

Beijos e até mais!

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.